domingo, junho 01, 2008

Cansamo-nos



Cansamo-nos. Trazemos à baila essências demasiado trabalhadas para serem expostas aos não seres. Ficamos quietos e rimos. Rimos muito e alto. Rimos pelos olhares. Rimos pelo pardo que nos atrai. Rimos por existirmos assim. E. Baloiçamos com as letras das palavras que cantamos tão silenciosamente. Baloiçamos com os gestos das nossas vozes e das nossas mãos.

Ouvimos o rasto da música e tornamo-nos mais sérios. Adivinho a tua cor e tornaste irrisório nos meus pensamentos. Os barcos de papel que deixaste por navegar deixaram-te num porto hesitante. O mar fica revolto e tudo escuro, igual a ti. O teu olhar torna-se o meu. E. Não quero ver.

Cansamo-nos. As margens distanciam-se e nem um braço, nem dois, nem três eram capazes de uni-las por um dedo. Caminho para um lado e tu para outro. A música continua a ecoar baixinho. Fecho a minha janela e deixo-to do lado de fora. Estamos cansados. Preciso adormecer e acordar como eu era. Porque só assim faz algum sentido.

4 comentários:

pulguita=) disse...

cansamo-nos memo...e cada um anda a margem do rio, em caminhos contrarios e incompativeis...nao há conjunçao...não há mais...talvez um dia tenham remado os dois para o mesmo lado...ou em direcçao ao memo sitio...chocaram...cansaram-se...adorei o texto!!=)

Drews disse...

Vale a pena a tentativa e não o receio
Vale a pena confiar e nunca ter medo
Vale a pena encarar e não fugir da realidade
Ainda que eu fracasse, vale a pena lutar
Vale a pena discordar do melhor amigo e não apoiá-lo em suas atitudes erradas
Vale a pena corrigí-lo
Vale a pena encarar-me no espelho e ver se estou certo ou errado
Vale a pena procurar ser o melhor e aí...
Vale a pena ser o que for

Enfim
Vale a pena viver a vida, já que a vida não é tudo que ela pode nos dar
Mas sim tudo o que podemos dar por ela

alexandra ribeiro disse...

lindo...palavras para quê? pena é às vezes as margens ficarem tão distantes e o rio, que por entre elas passa, estar tão agitado. era tão bom se a vida fosse mais tranquila.
bjinhos já não falamos há muito
gosto muito de ti maninha
alexandra ribeiro

True smile disse...

por falar em mares.. barcos.. e essas coisas que metem água.
http://hojenaotenhoideias.blogspot.com/2011/06/essa-duvida-existencial-que-te-persegue.html