domingo, outubro 14, 2007

Comigo e sem mim


Ouvir e sentir.

Ali e além.

Comigo e sem mim.

Gritar silenciosamente e sorrir com aquela composição melodiosa feita num aperto, mas com um toque de mestre.

Extasiado, incoerente, jubiloso, surpreendente!

Ah! Como é puro o som do meu piano.

3 comentários:

Nuno disse...

asse tocou-me :'( =) lol

pulguita=) disse...

é impressionante como às vezes pequenas coisas são tão importantes para nós!!=) bju

Alex disse...

can't listen :(
pequenas existênciais, são as minuciosas as minhas preferidas.
abraços