sexta-feira, janeiro 26, 2007

Mar da tranquilidade

Navega no mar da tranquilidade.

Acompanha os peixes
Num ritmo sossegado.
Não tenhas pressa!
Eles esperam por ti...


Sente o compasso das ondas,
muito levemente.
Não desistas da viagem!
As ondas esperam por ti...


Maravilha o infinito que é o mar.
E deixa-te ir.
Não olhes para trás!
O mar espera por ti...


Lembra-te que aqui,
Já não há tempo temporizado,
Já não há medo,
Já não há cansaço.


Apenas tu aí existes, à procura de um rumo, à procura de paz.
Não te esqueças de esperar por ti!

9 comentários:

tangerina =) disse...

Esperei por mim
Tempo a mais
Sem perceber assim
Que já era demais;

E se o "eu" fica mudo
Às vezes é mesmo preciso
Largar tudo
Para comprar um sorriso.

Se o eu não vem
Se nem um sonho tem
Vou eu buscá-lo:
Ao 'nunca' arrancá-lo.

***

Catarina, fazemos assim... Vamos para o mercado aos Sábados; tu declamas uns poemas e eu levo uma guitarra para acompanhar... E pronto, estão uns trocos feitos. :PPPPPP Que tal? xD

Catita disse...

Parace-me bem, tangerina :P

*junik* disse...

tudo espera por ti, menos tu própria...curioso, não é? :D

joaninha disse...

desculpem lá ser do contra mas por experiencia própria há mta coisa que não espera por nós além de nós mesmos!

*beijinho*

*iluna* disse...

kem espera, desespera... é preciso saber esperar, e saber n desesperar... (pelo caminho, prega 1 sermao a esses peixes:P)

Pedro Costa disse...

Uma viagem pelo mar sempre com o horizonte inatingível à nossa vista.
O horizonte é o nosso limite, bem podemos esperar, mas nunca o iremos alcançar.

goreti** disse...

tantuh poeta!!epah kat eu ka n tenhu mt geituh mx ta giruh u poema apexar d eu ter fikaduh uma beka a ver naviux tax la miudah ax mlhorx xeim...=)

the_thing disse...

esperar!!! esperar para quê... enfrenta os teus desafios de frente e atira-te de cabeça...


....mas cuidado podes-te magoar, ou um dia vires a arrepender-te!! ;) ;)

rafael disse...

simplesmente nice!!!!
bjnhs