terça-feira, abril 01, 2008

com ou sem Lápis-lazúli


Solta-se o vento e escrevo.


Estonteio os meus pensamentos e o meu génio. Entrelaço o natural com o abismal e gosto. Simplesmente gosto. Há um toque de mestria na passagem fotográfica que encaro com os meus olhos, porque lhe dou um tom e uma forma. E gosto. Simplesmente gosto. Está tudo apontado no meu adereço de rabiscos apenas com sentido para mim e para outros como eu.

O que miro não está perfeito no enredo, mas perfeito é na génese que lhe dei.


Solta-se o vento. E Vou escrevendo com ou sem Lápis-lazúli.


"Hoje parece bastar um pouco de céu" :)

5 comentários:

david santos disse...

Boa postagem!
Adorei!
Parabéns.

Alexandre disse...

Hoje, hoje é o melhor dia das nossas vidas. Tambám não podia piorar muito mais. Pois não?!

Maria Mello disse...

Bravo! Perfeito na forma que lhe dás e na forma como escreves... Parabéns

elsa nyny disse...

Olá Catarina!!

Adorei conhecer-te!
passamos um dia maravilhoso!! Verdade??

Adorei a tua forma de escrever!!
parabéns!

beijinhos

*iluna* disse...

é 1 trovão q vibra com força de animal grande, possante, leva tudo, leva todos, leva a leve pena que rabisca no ar =D